Câmara Municipal da cidade de Esperanza


Monumento al Concejo Municipal, eregido en conmemoración al Centenario de la Instalación del Concejo Municipal, el 26 de Mayo de 1861.
Adolfo Gabarret - Juez de Paz, Primer Presidente del Concejo Municipal.

PRIMEIRO ATO ELEITORAL


No dia 12 de Maio de 1861, aconteceu o primeiro ato eleitoral, através de assembléia popular, aprovada pelo seguinte:

DECRETO Nº 42

Art. 1) - Aprova-se as eleições praticadas na Colônia Esperanza em data de 12 de Maio do corrente mês.

Art. 2) - Procede-se ao estabelecimento do Conselho Municipal, no dia Domingo 26 do atual mês, sob a direção do Juiz de Paz ou quem se encarregue de presidir este ato.

Art.3) - Comunique-se, publique-se e dê-se ao R.O.

Assinado: ROSAS, Simón de Iriondo. Concordam: Manuel R. Pujato Sub-secretário.

 

Os eleitos foram:

 

Cantão francês: Jorge Dayer, Eduardo Mahieu, Luis Carrel, Luis Perret e Luis Van Strate.

Cantão Alemão: José Maurer, Juan Jacob, Francisco Schürrer, Santiago Weidmann e Adolfo Kees. Presidente: Adilfo Gabarret, Juiz de Paz. Secretário Intérprete: Mauricio Jost, escolhido pelo Conselho.

 

POR QUE ESCOLHERAM-SE REPRESENTANTES DAS DUAS SECÕES

 

Como na colônia falavam-se duas línguas e a população dividia-se por igual em suíços alemães e suíços franceses, além dos alemães e belgas, para evitar receios e atritos, escolheram-se cinco membros por "idioma". Contudo as atas dos primeiros anos redataram-se em francês até 1863, com algumas exceções com notas em alemão ou castelhano, segundo pode-se observar no Livro Primeiro que conserva-se, verdadeira curiosidade dentro da administração pública argentina.